Desconto em Games

The Last of Us: Parte 1 foi desenvolvido sem crunch

Com a alta expectativa dos fãs pela chegada do remake de The Last of Us: Parte 1 no dia 2 de Setembro, algumas informações tem sido reveladas pela Naughty Dog. De acordo com a equipe de desenvolvimento do jogo, o título já encontra-se totalmente pronto para ser lançado oficialmente no PS5.

Além disso, devido ao excelente trabalho feito pela equipe de funcionários da Naughty Dog neste projeto, o Neil Druckmann resolveu dar os parabéns a todos. O diretor desta obra originada em 2013 para PS3, atualmente trabalha como um dos líderes do estúdio.

Após receber o feedback positivo dos líderes da Naughty Dog, um dos artista do estúdio chamado Anthony Vaccaro decidiu comentar sobre o assunto e demonstrar sua felicidade ao terminar este projeto extremamente ambicioso, que ele se orgulha em ter feito parte.

Esta é a primeira vez na minha carreira de 13 anos, em vários estúdios, que não tive de trabalhar longas horas extra para terminar o jogo.

Disse Vaccaro.

É uma sensação muito boa. Especialmente por alcançar o mesmo patamar de qualidade de The Last of Us 2. Há mais trabalho a fazer, mas estou orgulhoso das grandes mudanças feitas até agora para tornar o estúdio mais saudável.

Acrescentou.

Não podemos nos esquecer que a mesma equipe responsável por esta franquia, tinha recebido sérias acusações de trabalho exaustivo. Entretanto parece que este problema foi solucionado, devido a felicidade dos funcionários em ter finalizado um excelente jogo sem ter tido muito sacrifício.

Muitos sugeriram que este problema de crunch não ocorreu por causa do motor gráfico utilizado no segundo jogo, no qual já tinham uma base consolidada para refazê-lo.

Confira o trailer a seguir:

Fonte: Eurogamer.pt

Leia mais:

Não perca as principais notícias em nosso site!

Escrever
Notificação de
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos comentários
Desconto em Games
Logo
blank
RECEBA PROMOÇÕES NO SEU CELULAR
Shopping cart