Review | Ultra Age (PS4)

Ultra Age, pra mim, é uma das maiores surpresas de 2021. Completamente fora do meu radar, acabei decidindo testar a demonstração disponível na PSN e fui completamente fisgado pelo jogo. Como um apaixonado por jogos de escopo menor, senti a obrigação de fazer este review.

O game, desenvolvido pelos estúdios Next Stage e Visual Dart, foi publicado pela Dangen Entertainment. O lançamento ocorre no dia 9 de Setembro deste ano no PS4 e Nintendo Switch.

A História de Ultra Age

O jogo é protagonizado por Age, um soldado da organização Frontier, e um drone chamado Helvis. O drone tem uma personalidade muito semelhante a Claptrap de Borderlands e também cumpre o papel de alívio cômico no enredo.

O objetivo principal de Age é coletar uma Relíquia capaz de conceder a vida eterna e levar a mesma de volta para Deucalion, o chefe da Frontier. Age tem grandes esperanças de ser promovido para uma classe maior de Agente e receber a “bênção” da vida eterna.

É claro que reviravoltas acontecem, gerando batalhas épicas e uma explicação maior dos objetivos da Frontier. Não darei mais detalhes pra não soltar spoilers. Pra você não ficar perdido, sim, o jogo é um pouco futurista e tem elementos sci-fi. Nossa sociedade é chamada de Velha Civilização. A Nova Civilização consegue controlar o próprio tempo de vida.

No geral, a história é um tanto quanto simples. Ela não é espetacular, mas consegue ser boa o suficiente pra gerar interesse. O jogo dura cerca de 6 a 8 horas (pra fazer o 100%). Os objetivos e cenários são bem lineares, o que é algo bastante positivo aqui.

As mecânicas de Ultra Age

A principal mecânica de Ultra Age é a absorção de Cristais. As armas no jogo possuem durabilidade e são tratadas como consumíveis. Helvis, o drone mencionado acima, absorve os cristais e produz os armamentos. Antes que você se desespere, pode ficar tranquilo, o jogo possui uma quantidade abundante de armas e cristais e você nunca vai ficar sem armas.

Ao todo existem cerca de 6 armas distintas, cada um com suas particularidades e combos. A Katana por exemplo é a arma ideal para causar dano nas feras por conta do seu dano biológico. Já a Claymore é a escolha perfeita para despachar as máquinas. A Lightining Blade consegue destruir os escudos energéticos das máquinas de maneira mais veloz.

Os inimigos possuem uma barra de “Stamina” que ao ser zerada os deixam suscetíveis a ataques letais que causam um dano tremendo. No geral, o combate funciona de uma forma quase igual a Devil May Cry e NieR. Tudo acontece de maneira bem frenética e existem inúmeros combos para amplificar o dano do jogador.

Saiba que é possível trocar as armas em qualquer instante, possibilitando a construção de cadeias de ataque devastadoras. A experiência com o combate é extremamente satisfatória e, em minha opinião, é a grande estrela de Ultra Age. Se você for fã de qualquer um dos dois jogos citados acima, certamente você vai ficar fissurado pelo jogo.

Melhorando Age

Como de costume, Ultra Age possui uma série de sistemas focados na melhoria do protagonista. Ao todo, temos dois recursos usados nos upgrades: os Fragmentos de Cristais, obtidos ao derrotar inimigos, e os Power Gears, recursos encontrados no mapa ou dropados por um inimigo específico.

Como todo o resto do jogo, os upgrades são bem simples e seguem o padrão de outros games. Dá pra melhorar as armas usadas por Age, aumentando coisas como Ataque e Número de Golpes, melhorar as partes do Age, como as Botas, permitindo um pulo extra e coisas do tipo. Também é possível melhorar partes de Helvis.

O robozinho serve como Coletor de Itens, Amplificador Temporário de Dano e Poção de Cura. Vale mencionar que pra Amplificar o Dano e se Curar, é necessário preencher o medidor derrotando inimigos ou coletando Cristais, logo, é necessário um maior planejamento e organizar bem os recursos.

Ultra Age: Vale a Pena!

Se você é fã da franquia NieR ou Devil May Cry, você vai se sentir em casa com Ultra Age. Apesar das claras limitações, afinal, se trata de um indie de baixo orçamento, o jogo diverte e entrega uma história bastante interessante, apesar de ser lotada de clichês. Felizmente, o game não esconde em nenhum momento que seu foco é entregar uma jogabilidade frenética e altamente viciante. Diante disso, posso facilmente afirmar que o estúdio cumpriu seu objetivo com perfeição.

Ultra Age

Considere ler este outro review:

Apaixonado por Jogos, principalmente por Indies! Você me encontra lá no Twitter: @ruancarlo_silva

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Desconto em Games
Logo
Registrar Nova Conta
Redefinir Senha
RECEBA PROMOÇÕES NO SEU CELULAR
Shopping cart