Desconto em Games

Review | Trek to Yomi (PS5)

Trek to Yomi chegou para provar que o cinema e os jogos “caminham juntos”! Antes de começar a falar sobre o título da Devolver Digital e Flying Wild Hog, preciso deixar claro o quão surpreso fiquei ao finalizar o game. Confesso que a idéia do jogo ser totalmente preto e branco me deixou com o pé atrás, mas logo nas primeiras horas já pude relaxar e aproveitar cada segundo do que Trek to Yomi tinha a oferecer.

O título será lançado em 5 de Maio de 2022 para PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One, Xbox Series X|S, Nintendo Switch e PC. Vale ressaltar que o jogo estará disponível no dia do seu lançamento para os assinantes do Xbox Game Pass!

Um agradecimento mais do que especial para a Devolver Digital e a Flying Wild Hog por terem fornecido a cópia de acesso antecipado para que esta Review pudesse acontecer!

Pode ficar tranquilo(a), esta Review é totalmente livre de Spoilers!

Um samurai em busca de vingança

O que é Trek to Yomi

Trek to Yomi é um jogo de ação 2.5D com um sistema de câmeras fixas e ambientado no Japão. Além de suas características principais, o jogo utiliza o recurso do filtro preto e branco, deixando a arte do jogo ainda mais memorável e nos faz lembrar os filmes do icônico Akira Kurosawa, o cineasta criador de “Os Sete Samurais”, que se popularizou graças aos seus filmes samurais. Na trama, controlamos Hiroki, um samurai que tem a obrigação de proteger sua cidade dos ataques do lendário e cruel Kagerou. Movido pela vingança após a destruição catastrófica da cidade, a morte de seu sensei e o desaparecimento de sua amada, Hiroki parte em uma jornada entre a vida e a morte, no qual somos forçados a decidir qual caminho levar, sendo ele:

  • O caminho do Amor
  • O caminho da Fúria
  • O caminho do Dever
O que você faria para proteger as pessoas que ama?

Apesar de ser uma campanha linear, o jogo possui diversos locais secundários, onde podemos coletar itens para aumentar nossa barra de vida e stamina, coletáveis espalhados pelo mapa e até mesmo munições de arco e flecha ou kunais. Em alguns momentos ficamos na dúvida para avançar em determinados pontos, já que muitas das vezes acabamos partindo para o caminho principal e deixando as melhorias de lado, sem nenhuma chance de retornar futuramente.

O jogo também apresenta 7 capítulos, sendo eles:

  • Capítulo 1 – Fim do Jardim de Infância
  • Capítulo 2 – Depois da Tempestade
  • Capítulo 3 – Pó e Cinzas
  • Capítulo 4 – Destino Fugaz
  • Capítulo 5 – SPOILER
  • Capítulo 6 – SPOILER
  • Capítulo 7 – SPOILER

Agora que você já conheceu um pouco da história de Trek to Yomi, chegou a hora de aprender um pouco mais sobre seu sistema de combate, o que é muito importante para a obra!

Qual caminho o samurai irá percorrer?

Combate envolvente

Durante a maior parte de Trek to Yomi combatemos o exército inimigo, onde aprendemos novas técnicas derrotando chefes, ajudando NPC’s espalhados ao redor do mapa e até mesmo quando encontramos alguns espíritos e demônios presentes no plano entre a vida e a morte. Sim, você irá combater presenças espectrais e que não estarão presentes na vida real! Será que tudo isso é apenas algo presente na cabeça de Hiroki? Bom, essa pergunta eu deixo por conta dos jogadores que irão jogar Trek to Yomi!

Faça de tudo para esquivar e golpear seus inimigos

Podemos mencionar também um arsenal completo para facilitar em nossa jornada, incluindo um arco e flecha poderoso para ataques a longa distância ou para afastar o inimigo próximo, kunais para atordoar os inimigos e finalizá-los com a mecânica de finalizações e uma poderosa arma devastadora capaz de eliminar 1 ou mais inimigos próximos, porém, seu carregamento é lento e pode prejudicá-lo. Escolha seus itens com sabedoria!

Fique atento com sua barra de stamina, já que muitos inimigos podem atordoá-lo e derrotá-lo com apenas alguns golpes. Saiba administrar, esquivar e defender nos momentos certos para se tornar um verdadeiro samurai lendário!

Esteja preparado para recuperar sua Stamina durante o combate

O filtro se encaixa perfeitamente

Essa era uma das minhas maiores preocupações ao jogar Trek to Yomi. Uma situação comum em acompanhar conteúdos em filtro preto e branco é que muitas vezes pode se tornar cansativo para o espectador, o que eu acabei descartando logo nos primeiros capítulos, me envolvendo ainda mais na trama e esquecendo completamente que o filtro estava ali presente. Devo admitir que foi uma escolha arriscada da empresa e mesmo assim eles resolveram arriscar, trazendo o passado com muita maestria. A escolha do preto e branco foi muito bem explorado e em diversos momentos fomos capazes de imaginar e relembrar filmes antigos, como as obras mais conhecidas de Akira Kurosawa, popularmente conhecido por suas histórias marcantes de samurai para a época.

O filtro que remete ao clássico japonês

Um pouco mais de conhecimento

Durante nossa jornada para Yomi, encontramos diversos colecionáveis espalhados pelo mapa contando um pouco mais sobre a história e cultura do Japão, através de itens e até mesmo lendas urbanas tradicionais do Japão e seu povo. Sinto que estes coletáveis agregam ainda mais valor para enriquecer o jogo, tornando algo divertido e legal de ser explorado. Uma verdadeira aula de história para os amantes da cultura oriental!

Os coletáveis apresentam um pouco mais da cultura

Trilha sonora

Uma trilha sonora memorável sempre faz com que aquele jogo se destaque e com Trek to Yomi não é diferente! A trilha remete as músicas clássicas de filmes japoneses e instrumentos de corda orientais que marcaram e acompanham a cultura do país. No menu inicial do game, podemos sentir um clima muito agradável, nos levando até o Japão e sentindo o verdadeiro sentimento de originalidade. Hoje em dia poucos jogos são capazes de trazer este sentimento para o espectador, mas, felizmente a jornada de Hiroki será lembrada tanto pela história, quanto pela trilha encantadora.

Dificuldade e checkpoints desnecessários

O jogo é dividido em 4 dificuldades, sendo elas:

  • Kabuki – Modo Fácil
  • Bushido – Modo Normal
  • Ronin – Modo Difícil
  • Kensei – Modo Brutal com hit kill (disponível após finalizar o jogo pela primeira vez)

O jogo possui uma dificuldade balanceada e desafiadora ao mesmo tempo, sem exagerar na dose. Uma coisa que me incomodou foram os checkpoints desnecessários que foram colocados com uma má distribuição. Em alguns pontos extremamente fáceis eram encontrados checkpoints, já alguns pontos cheios de combates e inimigos poderos não haviam checkpoints, o que não fazia muito sentido já que a dificuldade do jogo é totalmente justa. Caso esteja sofrendo nos combates, o jogador poderá reduzir a dificuldade através das configurações para que facilite ainda mais quem quer apenas aproveitar a história.

Alguns checkpoints podem se tornar desnecessários

Dificuldade com a leitura

Apesar de Trek to Yomi ser um jogo legendado e com menus em Português do Brasil, em alguns momentos é impossível ler o que está escrito na tela já que as letras são minúsculas e não é possível aumentá-las (até o momento desta review). O grande problema disso tudo é que as letras são brancas e acabam misturando com o cenário preto e branco, dificultando ainda mais a forma de leitura mesmo estando próximo do monitor ou da televisão.

As letras podem atrapalhar um pouco durante as cenas de combate frenético

Gráficos e Desempenho

Durante minha gameplay (PS5), não senti nenhum frame drop ou travamentos que pudessem afetar no desempenho do game. Tudo flui perfeitamente em Trek to Yomi, mesmo para os consoles de antiga geração que também receberão o título. Um verdadeiro show de otimização!

Quanto aos gráficos, permanecem lindos mesmo sem cor! Já pensou se um dia fosse possível aplicar filtros coloridos para o game? Fica aqui minha indicação para a desenvolvedora!

Gráficos maravilhosos até na antiga geração

Vale MUITO a pena jogar Trek to Yomi!

Poucos títulos indies se destacaram este ano como Trek to Yomi! É nítido todo o esforço que a desenvolvedora colocou no título para apresentar um pouco mais sobre a cultura japonesa e um mundo com Samurais. É claro que não podemos deixar de citar todas as obras de Akira Kurosawa, que manteve a chama acesa para que novas obras como Ghost of Tsushima e Trek to Yomi pudessem surgir. Com um valor em conta, Trek merece uma chance, principalmente aos jogadores do Xbox que irão receber o título através do Xbox Game Pass no Day One. A sensação de jogar com Hiroki, remete ao antigo tempo dos samurais, colocando o jogador na pele do guerreiro. Qual será sua escolha para salvar sua aldeia e as pessoas que ama? Qual será o preço da vitória? Ou quem sabe da derrota? Isso tudo você irá descobrir através das escolhas!

Sem dúvidas, um título marcante e que deve ser levado a sério, evoluindo tudo aquilo que já conhecemos sobre os samurais.

Review em vídeo

Caso você tenha interesse, nossa Review em vídeo já está disponível no YouTube! Confira abaixo:

8.7Pontuação do especialista
Excelente

Trek to Yomi tenta reviver o clássico e acerta em cheio com seus lindos visuais, traços e cultura japonesa. Um verdadeiro tributo aos antigos samurais!

História
8.5
Jogabilidade
8.5
Gráficos
8.5
Trilha Sonora
9
Fator Replay
9
Pontos Positivos
  • Cultura japonesa bem representada
  • Escolhas que impactam
  • História divertida
Pontos Negativos
  • Legendas minúsculas e ocultadas pelo branco
  • Checkpoints irrelevantes

Informações adicionais

  • Jogo Single Player
  • Espaço de Armazenamento PS5 – 7.9GB (pode aumentar com os patches)
  • 9 troféus de Bronze, 14 troféus de Prata, 5 troféus de Ouro e 1 troféu de Platina – 29 troféus
  • O jogo pode ser finalizado em 6 horas ou menos (dependendo da dificuldade)

Blog Desconto em Games

Escrever
Notificação de
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos comentários
Desconto em Games
Logo
Comparar itens
  • Total (0)
Comparar
0
RECEBA PROMOÇÕES NO SEU CELULAR
Shopping cart