Review | Scarlet Nexus

Scarlet Nexus é o RPG de ação mais recente da Bandai Namco. Antes de continuarmos, vale mencionar que o projeto foi desenvolvido por diversas equipes da Bandai. Entre os envolvidos, temos alguns devs de Ace Combat, Code Vein e nomes enormes envolvidos na franquia Tales Of, uma das sagas “líderes” da companhia japonesa.

Mas por que eu resolvi citar essa pluralidade no desenvolvimento? Ao jogar Scarlet Nexus, é possível notar pontos positivos de diversos jogos da empresa. Essa sinergia entre os desenvolvedores colaborou e muito para que o jogo seja uma das melhores e maiores surpresas de 2021.

A História de Scarlet Nexus

De maneira surpreendente, o game apresenta duas campanhas distintas. A divisão é feita através da seleção de personagens. Os jogadores podem optar por jogar com Yuito ou com Kasane. Apesar dos eventos principais serem os mesmos para ambos, as campanhas de cada personagem possuem trechos e explicações inéditas, enriquecendo a trama.

Falando sobre o roteiro em si, a narrativa lembra bastante histórias que vemos em animes, cheia de reviravoltas e elementos “mirabolantes”. Se você gosta de plottwists, não vai se decepcionar aqui. Um ponto negativo reside no formato em que o estúdio escolheu para contar a história. As cutscenes são apresentadas em quadros, lembrando os visual novels. O estilo quebra demais o ritmo e acaba ficando maçante. Adotar um modelo tradicional de cutscenes beneficiaria demais o game.

Falando especificamente sobre elementos da história, temos muito da cultura japonesa injetada na trama. A tradição familiar é uma peça central para entender tudo que acontece no jogo. Outro ponto importante é o futurismo, usado para dar razão aos poderes que funcionam como alicerce para o sistema de combate, a estrela principal de Scarlet Nexus.

Poderes e Conexão Mental

Como mencionei acima, os poderes são extremamente importantes em Scarlet Nexus. As pessoas nascem com habilidades especiais e acabam indo servir na FSC, a força militar encarregada de combater as Criaturas, seres malignos que ameaçam a humanidade.

Os protagonistas, Yuito e Kasane, são recrutas da FSC com habilidades extremamente especiais. Mas não falarei mais sobre isso para não dar spoilers da história. O que torna o game fantástico é o Sistema SAS. Pra resumir, o sistema permite que você estabeleça uma conexão mental entre todos os membros de sua equipe, o que torna possível que você use as habilidades deles.

Graças a essa diversidade de personagens secundários e poderes, o combate é extremamente frenético. Dá pra incendiar inimigos, eletrocutar, arremessar objetos como carros e postes, ficar invisível, desacelerar o tempo e por aí vai. Além das “magias” comuns, os personagens permitem o acionamento de Combos de Visão, realizando golpes poderosos que quebram a barra de defesa do inimigo.

Sem nenhum exagero aqui, o combate de Scarlet Nexus é um dos melhores que eu já vi em um RPG de ação. Todos os comandos são extremamente responsivos, as animações dos golpes são muito bem feitas e o design dos inimigos é bem legal. Se você curte o estilo, você vai amar Scarlet Nexus. Outro detalhe que beneficia o game é não ser de mundo aberto. As missões principais são bem lineares, o que faz com que o jogo não se torne repetitivo na primeira jogada.

A União faz a Força

Similar a Code Vein, outro game da Bandai Namco, os personagens secundários são tratados com grande importância no jogo. Durante a campanha, você pode assistir Episódios de Relação com cada um deles. Esses Episódios mostram um pouco mais da motivação de cada um, além de revelar detalhes íntimos dos personagens. Em suma, eles aproximam mais o jogador dos seus aliados.

Outro ponto importante aqui é a existência de um Nível de Relação com cada personagem. Indo até o Nível 6, esse nível de ligação aprimora as habilidades SAS dos personagens, aumentando coisas como duração e poder de ataque. Para aprimorar sua relação com os aliados, é possível assistir os Episódios mencionados acima e dar presentes a eles. Os presentes podem ser trocados na loja por itens obtidos ao eliminar Criaturas e ao explorar os mapas.

Algumas missões secundárias também concedem os itens. As missões ficam disponíveis ao longo das Fases da campanha. Uma coisa muito positiva e inteligente realizada pela equipe é a remoção da necessidade de voltar ao NPC para completar a quest. Após cumprir o objetivo, basta ir no Menu e completar a missão, poupando tempo do jogador.

Deslizes no Caminho

Scarlet Nexus é um jogo ótimo, mas, não é um jogo perfeito. Antes de continuar, vale ressaltar que análises são subjetivas. O que eu considerar um defeito, pode não ser visto da mesma forma por você ao experimentar o game. Continuando, pra mim, o principal defeito do jogo é a forma na qual ele conta a história. O estilo de visual novel quebra demais o ritmo, tornando tudo maçante.

Outro defeito é a forma com que o jogo lida com a existência de duas campanhas. Ao jogar sua segunda campanha, o nível dos inimigos não escala, o que acaba não fazendo o menor sentido. Outro ponto é a presença “tímida” da trilha sonora que muitas vezes passa despercebida e não consegue injetar emoções em pontos-chave do jogo.

Futuro Promissor?

Scarlet Nexus inegavelmente pode ter um futuro brilhante, se a Bandai Namco desejar tal coisa. O universo construído pela equipe é fantástico e rico o suficiente para gerar não só jogos novos, mas filmes, mangás e coisas do tipo. Um anime baseado no game já está sendo exibido, logo, a empresa parece ter sim vontade de expandir esse universo.

Com personagens fantásticos e um combate fenomenal, seria até injusto impedir que novos projetos da franquia aconteçam. Nós precisamos de mais RPGs com a qualidade de Scarlet Nexus!

Scarlet Nexus: Vale a Pena!

Pra finalizar, não restam dúvidas nisso aqui. O jogo certamente é uma das melhores e maiores surpresas de 2021. Com pouquíssimos defeitos, uma história marcante e um sistema de combate viciante, todo e qualquer fã de RPG de ação deve acabar gostando de Scarlet Nexus. Sem dúvidas vale totalmente a pena colocar o jogo em seu radar!

A versão analisada foi a de PlayStation 5!

Apaixonado por Jogos, principalmente por Indies! Você me encontra lá no Twitter: @ruancarlo_silva

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Desconto em Games
Logo
Registrar Nova Conta
Redefinir Senha
RECEBA PROMOÇÕES NO SEU CELULAR
Shopping cart