Review | Rustler (PS5)

Rustler é um jogo de ação isométrico desenvolvido pelo estúdio Jutsu Games. Publicado pela Modus Games, o título presta uma enorme homenagem aos GTAs originais, entregando uma narrativa recheada de humor, ironias e insanidades ambientada na Idade Média. Carinhosamente chamado de Grand Theft Horse, abaixo vou te contar por que achei Rustler um dos melhores indies de 2021 e sem dúvidas uma das maiores surpresas do ano!

Guy, o CJ da Idade Média

Nossa aventura é protagonizada por Guy, um gangster de baixo nível que participa de uma série de atividades ilegais (e legais) pra tentar mudar de vida. Logo no começo da aventura, Guy e seu fiel amigo Buddy bolam um plano pra mudar completamente de vida: participar e vencer o campeonato de justas realizado pelo Rei.

É claro que ao longo da trama, diversas insanidades acontecem envolvendo a Princesa, o Rei e o chefe da gangue de Guy, o impiedoso Herb. A proposta do jogo é permitir que os jogadores se divirtam loucamente lançando o caos numa pacata cidade da Idade Média e, bom, é exatamente isso que Rustler entrega.

As missões são divididas entre principais e secundárias, apresentando personagens cada vez mais loucos e cheios de referência. Em um determinado momento, por exemplo, conhecemos uma bruxa chamada Blair que nos coloca em uma grande enrascada. Também vendemos maconha pra um bispo, ajudamos um padre a cobrar e coletar dízimos das pessoas, arrancamos o braço de um cavaleiro e abrimos uma empresa de bebida álcoolica para os Cavaleiros Templários.

Rustler: Originalidade e Coragem

Como o parágrafo acima entregou, os desenvolvedores da Jutsu Games não se seguraram ao construir o game e o mundo no qual Guy habita. Ao todo temos 16 armas indo desde um simples Machado até a lendária Excalibur. A diferença aqui é que apesar de Guy não ser apto a tirar a espada da pedra, ele com certeza é apto a roubar uma carroça com explosivos para pulverizar a pedra.

Assim como em outros jogos do gênero, as ações de Guy como golpear e esquivar são limitadas pela Stamina. Vale mencionar que é possível ganhar pontos de habilidade e aplicar em categorias para suavizar essa questão. O jogo é bem generoso com os pontos, o que facilita um pouco a progressão do personagem. Em relação a facilitar, não se engane, o combate do game e algumas missões são bem desafiadoras e vão resultar em algumas mortes, mas, pode ficar tranquilo em relação a isso. O título é bem generoso nos checkpoints e é possível comprar propriedades que geram dinheiro e possibilitam o salvamento automático do jogo.

Outro detalhe interessante é a possibilidade de usar algumas roupas com efeitos próprios. Você pode se vestir de guarda, reduzindo as chances de detecção. Pode se vestir de mulher, invadindo fortalezas, pode se vestir de guerreiro, ganhando bastante proteção e pode até se vestir como um Ceifador, espalhando medo por onde anda.

Rustler e a Idade Média Moderna

Eu nunca pensei que iria jogar um título na Idade Média com hip hop embalando a trilha sonora. Ou que iria encontrar um filho de um nobre que quer ser cantor de rap em plena época da Inquisição. Essas loucuras, somente Rustler vai te proporcionar. A atmosfera do jogo reflete com perfeição a proposta que os devs queriam implementar. Além da trilha sonora, temos pichações por quase todo o mapa e até sombreiros na praia, evidenciando que em nenhum momento o jogo se leva a sério.

Com a finalidade de extender a duração da aventura, os devs colocaram uma série de atividades secundárias em Rustler. Podemos funcionar como um Táxi usando cavalos. Coletar o corpo de pessoas doentes e levar pro hospital. Coletar cavalos lendários, participar de Justas e até mesmo de campeonatos de lutas de rua. Achou pouco? Também temos corridas clandestinas de cavalos.

Completar a história principal de Rustler leva cerca de 7 a 9 horas. Já pra fazer 100% do título, os jogadores terão que gastar entre 13 a 15 horas. Como o jogo diverte tanto, as horas gastas dificilmente serão percebidas.

Rustler: Vale a Pena!

Rustler sem sombra de dúvida é uma das maiores surpresas de 2021. O jogo da Jutsu Games consegue resgatar com maestria todos os elementos que tornaram GTA uma das franquias mais amadas do mundo. Com uma dose bem generosa de humor, a aventura protagonizada por Guy é indicada para todos que gostam de um bom jogo de ação com bastante humor negro.

PS: Este review foi feito graças a um código de PS5 cedido pela assessoria da Modus Games.

Considere ler este outro review:

Apaixonado por Jogos, principalmente por Indies! Você me encontra lá no Twitter: @ruancarlo_silva

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Desconto em Games
Logo
Registrar Nova Conta
Redefinir Senha
RECEBA PROMOÇÕES NO SEU CELULAR
Shopping cart