Review | DEATHLOOP (PS5)

Uma surpresa inesperada, Deathloop surpreendeu até quem não jogava os games da Bethesda. Desenvolvido pela Arkane Studios e Bethesda Softworks, Deathloop será lançado no dia 14 de setembro para PlayStation 5 e PC, chegando mais tarde para Xbox Series X/S. Fica aqui nosso agradecimento pela Key fornecida em acesso antecipado para realizar esta Review para a Desconto em Games.

Pode ficar tranquilo(a) pois esta análise não contém spoiler no texto e nem nas imagens!

O que é Deathloop

Em Deathloop controlamos Colt, que está preso em um loop temporal na ilha de Blackreef, dividido em 4 áreas nas quais podemos explorar em 4 horários diferentes (manhã, meio-dia, tarde e noite). Ambos os horários sofrem algumas alterações no mapa, como por exemplo, uma porta aberta que não estava na parte da tarde ou até mesmo um inimigo que precisamos matar em determinado horário. Vivemos preso nesta realidade e toda vez que completamos a noite, o dia se repete fazendo com que nosso personagem viva sempre a mesma situação. A única forma de sair desta realidade é quebrando o ciclo matando os 8 Visionários em apenas 1 dia. Eles comandam as regiões de O complexo, Updaam, Baía do Karl e Rochedo Fristad, além de conter informações que são essenciais para contar um pouco da história e até concluir missões secundárias que podem te ajudar no futuro do jogo. Durante nossa jornada em Blackreef, somos surpreendidos por Julianna, nossa rival que faz de tudo para atrapalhar Colt durante sua fuga do loop temporal. O jogo te dá total liberdade para se transformar no “RAMBO” ou até mesmo em um assassino silencioso como “HITMAN”, o famoso stealth.

Deathloop possui cenários fantásticos

Modos de Jogo

Podemos controlar Colt, no qual seu objetivo é quebrar o ciclo e também controlar Julianna, na qual tenta preservar o ciclo. Um ponto importante durante o jogo é que podemos atrapalhar outra pessoa entrando na sessão, porém, podemos limitar a sessão para “Apenas amigos” evitando que alguém interfira em sua busca pelo loop. No dia 11 de setembro, uma atualização permitiu com que fosse possível entrar na sessão de amigos, o que até então não era possível. Alguns testes foram realizados durante a gameplay no modo online e o servidor contava com algumas instabilidades, o que deve ser corrigido com o patch de DAY ONE em seu lançamento oficial.

Quebre o ciclo jogando com Colt ou Preserve o ciclo com Julianna

A morte é apenas o começo

O jogo te dá liberdade para morrer 2 vezes durante uma missão, na terceira o ciclo se inicia fazendo com que todos os berloques, armas e placas sejam perdidas. Não se desespere, pois coletar todos os itens novamente é fácil e rápido. Considero um jogo justo e com uma dificuldade moderada.

A morte é um ciclo da vida

Dublagem

Se tem uma coisa que me deixou maravilhado em Deathloop foi a dublagem, simplesmente perfeita e rica em detalhes, tanto na leitura dos arquivos como na fala dos personagens. Em diversos momentos do jogo, o humor do personagem nos contagia, tirando altas gargalhada. Sério, eu ri pelo menos umas 20 vezes durante o jogo. Sem dúvidas, a dublagem é o ponto mais impactante do game.

Armas

Cada arma possui sua raridade de acordo com as cores, sendo o cinza a mais fraca e a dourada a mais forte do arsenal. A variedade de armas é grande e importante para a criação de sua estratégia durante a gameplay. Recomendo jogar com a LIMP-10 caso queira fazer um estrago no mapa e a TRIBUNAL caso queira matar os inimigos sorrateiramente.

Variedade de armas

Berloques

Berloques são itens capazes de fazer uma melhoria em suas armas, como por exemplo reduzir o recoil da arma, aumentar o dano da arma a distância e até mesmo extender o pente. Podemos usar alguns berloques também para nos beneficiar de mais pontos de vida, correr mais e também hackear portas ou torretas de forma eficaz.

Berloques para melhoria do personagem e arsenal

Placas

Durante nossa gameplay, encontramos algumas Placas, que são capazes de nos dar poderes como ficar invisível, teleportar a curtas distâncias e arremessar os inimigos para matá-los.

Algumas Placas recolhidas dos Visionários

Resíduum e Infusão

Depois de completar uma missão em específico, ganhamos Resíduum, que é coletado no mapa, em inimigos, chefes e matando Julianna. Ao completar 1 dia, podemos fazer a Infusão, que utiliza Resíduum para fortificar seus itens e para não perdê-los caso você morra as 3 vezes. Quando estava jogando, matei alguns Visionários para coletar suas Placas e Infundir para não perder a habilidade de invisibilidade que foi de extrema importância para matar alguns chefes em modo stealth.

Resíduum sendo utilizado para proteger seus itens

Gráficos

Apesar das cores vivas e mapas detalhados, Deathloop possui gráficos satisfatórios mas não chegam a parecer algo de nova geração.

Trilha sonora

O jogo possui uma trilha sonora impecável durante os combates, desde a música principal do menu até os barulhos das armas e morte dos inimigos.

Confuso e estranho

Inicialmente Deathloop causa uma certa confusão justamente pela proposta do jogo ser completamente diferente de tudo que você já viu, o que na minha opinião não é ruim mas tive uma certa dificuldade em aprender o básico e somente do meio ao fim do jogo consegui dominar suas técnicas. Isso não quebra a imersão do jogo mas pode frustrar alguns jogadores que procuram algo fácil e rápido de aprender.

Algumas portas são difíceis de abrir devido a segredos espalhados pelo mundo de Deathloop

Uso do Dualsense

Deathloop utiliza alguns recursos do controle Dualsense do PlayStation 5, como os gatilhos adaptáveis que travam caso a arma emperre durante o jogo ou até mesmo o R2 e L2 ficarem “duros” para mirar e atirar. Conta também com o recurso do feedback tátil para uma melhor imersão. Não achei uma experiência inovadora comparada a outros jogos como Returnal e Astro’s Playroom.

Experiência satisfatória ao matar um inimigo em modo stealth

Leitura, leitura e leitura

Para muitos jogadores isso pode ser um problema, a leitura é essencial assim como alguns rádios espalhados no mapa para contar um pouco da história que não fica totalmente clara. Quando completamos algumas missões temos uma mini introdução para a próxima, o que pode facilitar.

Alguns momentos com diversos puzzles e leitura para melhor conhecimento da história

Duração de jogo

A duração atual do jogo é variada de jogador para jogador, podendo durar até 25 horas para fazer o 100% do game.

Deathloop vale a pena mas ESPERE!

Sem dúvidas Deathloop nos fornece uma experiência única e diferente de tudo que já jogamos, porém a campanha pode frustrar por ser um pouco curta com uma história que ao meu ver não impactou tanto. Recomendo sim jogar Deathloop mas aguarde uma promoção para comprar o jogo!

Você pode adquirir o jogo no link abaixo:

https://amzn.to/3k4IWsN

Apaixonado por Games há 24 anos e fanático por Resident Evil. Radialista e atualmente Streamer na plataforma roxinha! Você pode entrar em contato comigo pelo Twitter: @gspetri

1 Comentário
  1. Achei interessante! Espero me entreter por horas e horas.

Deixe uma Comentário

Desconto em Games
Logo
Registrar Nova Conta
Redefinir Senha
RECEBA PROMOÇÕES NO SEU CELULAR
Shopping cart