Preview | Call of Duty: Vanguard (Alpha)

É aquela época do ano… A frase se tornou bastante conhecida dentro da comunidade de Call of Duty. Com um ciclo de lançamentos anuais, as revelações, alphas e betas do jogo acabam acontecendo sempre na mesma época, o que acabou gerando a frase citada acima. Agora, os donos de um PlayStation tiveram a incrível oportunidade de testar a fase Alpha de Call of Duty: Vanguard.

Mas, antes de continuarmos, o que é Call of Duty: Vanguard? O título é o próximo lançamento da franquia que, inegavelmente, se tornou a segunda maior da indústria. O projeto está sendo desenvolvido pela Sledgehammer Games. Curiosamente, eles também foram os responsáveis por WW2. Mas, por que isso é curioso?

Vanguard se passa na mesma época que o jogo antecessor do estúdio. Em virtude disso, temos praticamente os mesmos armamentos: BAR, STG44, MP40 e por aí vai. Apesar da equipe já ter conhecimento com a época e possuir inúmeros assets já prontos, Vanguard foi construído em uma engine totalmente diferente, usada no Modern Warfare.

A engine tem um grande foco no realismo e possui um combate mais tático, permitindo que os jogadores usem corridas táticas, montem suas armas em superfícies e destruam paredes para ganhar vantagem sobre o inimigo. O Alpha de Call of Duty: Vanguard deu um gostinho de todos esses elementos citados.

Call of Duty: Vanguard – O Campeão da Colina

O primeiro teste, exclusivo para os jogadores do PlayStation, colocou em evidência o Modo Champion of the Hill. Inédito na franquia, este tipo de partida pega elementos do Mata Mata em Equipe e mescla com o famoso Battle Royale, entregando partidas táticas onde a equipe que possuir mais vidas no final vence.

Inicialmente o Modo estava apenas disponível para duplas, contudo, logo o Modo Trio foi adicionado, tornando tudo ainda mais frenético. Cada partida conta com 8 equipes e cada equipe possui 12 vidas. Se o seu medidor de Vidas chegar a 0, você é eliminado.

Vale mencionar que em cada round é possível pegar uma Vida que sempre estará posicionada no meio do cenário. Contudo, a manobra é arriscada e pode custar caro. Também é possível adquirir Vidas durante as rodadas de compra. Cada uma custa $3000, logo, é quase impossível “comprar” sua imortalidade aqui.

Upgrade no Arsenal

Nas rodadas de compras, também é possível adquirir novos armamentos como a STG 44 ou a BAR. Assim como no WW2, essas armas estão bem quebradas, causando um dano insano. O modo também permite que os jogadores evoluam a raridade da arma em cada partida usando dinheiro.

A loja do modo Campeão da Colina

Ao elevar a raridade, novos acoplamentos são anexados na arma, melhorando coisas como cadência, dano e as armas ganham até munição incendiária, causando dano ao longo do tempo. No geral, o TTK está bem baixo, reforçando que o Multiplayer do jogo será extremamente frenético.

Os Killstreaks, elementos conhecidos da franquia, também retornam. Todos eles já foram vistos em outros jogos da série, logo, você também já sabe o que esperar nesse sentido. A movimentação está praticamente idêntica ao MW, com os personagens um pouco mais “pesados”. Contudo, ainda é possível fazer os trickshots como atirar pulando ou deitando. O slide também está de volta!

Call of Duty: Vanguard e o Próximo Passo

O próximo passo, ou teste, do jogo é a fase beta, trazendo consigo o tão aguardado multiplayer tradicional. Modos como Mata Mata em Equipe, Dominação e Zona de Conflito devem retornar. A beta terá duas etapas, a de acesso antecipado, exclusiva para quem adquiriu o jogo na pré-venda e a aberta, permitindo que todos os “curiosos” sintam um gostinho do que está por vir.

Call of Duty: Vanguard será lançado no dia 5 de Novembro no PC, PS4, PS5, Xbox One e Xbox Series.

Considere ler este outro review:

Review de Hoa (PS5)

Apaixonado por Jogos, principalmente por Indies! Você me encontra lá no Twitter: @ruancarlo_silva

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Desconto em Games
Logo
Registrar Nova Conta
Redefinir Senha
RECEBA PROMOÇÕES NO SEU CELULAR
Shopping cart