Desconto em Games

CEO da Bungie afirma que a empresa não será calada mesmo após aquisição

De acordo com a Bloomberg, um e-mail de Jim Ryan (chefe da PlayStation) foi enviado recentemente para os funcionários no qual exigia respeito com as diferenças de opinião e que isso não deveria se tornar uma pauta pública, chegando assim para a Bungie e outras companhias.

Caso você não saiba, o e-mail abordava diversos temas atuais como o vazamento do projeto da Suprema Corte dos EUA, no qual sinalizava derrubar o caso histórico de Roe v. Wade, de 1973, que legalizou o aborto em todo o país. 

É claro que esta situação iria gerar um grande descontentamento pelos funcionários e muitos deles tornariam este assunto algo público. Mesmo após a aquisição da Bungie, o CEO da empresa chamou a decisão de Jim Ryan “um ataque direto aos direitos humanos”. Confira abaixo o post realizado pela empresa:

Bungie

Defender a escolha e a liberdade reprodutiva não é uma decisão difícil de tomar

As afirmações realizadas pela Bungie foram muito bem recebidas pelos funcionários, mostrando total descontentamento com o grave e-mail enviado por Jim Ryan.

Confira o tweet abaixo:

Gestor de comunidade

Admito, sou apenas um gestor da comunidade no esquema geral, mas tenho confiança no seguinte: Somos e continuaremos a ser, a Bungie.

Nunca haverá uma mordaça grande o suficiente para nos parar de defender o que está certo

Mais notícias:

Escrever
Notificação de
0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos comentários
Desconto em Games
Logo
RECEBA PROMOÇÕES NO SEU CELULAR
Shopping cart